Correio Forense - Júri condena marido assassino a 33 anos de reclusão - Direito Penal

11-03-2013 16:00

Júri condena marido assassino a 33 anos de reclusão

 

O 1º Tribunal do Júri da Capital condenou nesta quinta-feira, dia 7, Mauro Carvalho de Jesus, o “Japão”, a 33 anos de reclusão, em regime fechado, por ter assassinado sua companheira, Maria Cristiane Baia Mota,com “extrema e repugnante brutalidade” e ter ocultado o corpo em um lixão.   O juiz Fábio Uchôa Pinto de Miranda Montenegro, que presidiu o julgamento, manteve a prisão preventiva para a garantia da ordem pública, em virtude da “intensa periculosidade apresentada”.   No dia 6 de janeiro de 2012, o réu desferiu golpes de machado na cabeça de sua companheira, com quem convivia há sete anos, enquanto ela dormia no quarto ao lado em que estavam seus dois filhos. Após o crime, o assassino levou o corpo despedaçado em sacos de plástico até o lixão, localizado em um terreno baldio próximo.  Depois, limpou a cena do crime e foi trabalhar normalmente.   O juiz Fábio Uchôa afirmou na sentença que o réu, “de forma cruel e fria”, revelou sua personalidade “deformada e bestial”, diante da extrema e repugnante brutalidade com que praticou o crime.    Processo nº: 0038173-71.2012.8.19.0001

Fonte: TJRJ


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - Júri condena marido assassino a 33 anos de reclusão - Direito Penal

 



 

Technorati Marcas: : , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , ,

 







Posted on 07:01 by Raphael Simões Andrade - Trabalho and filed under | 0 Comments »

0 comentários:

Postar um comentário