Correio Forense - Fragilidade na produção de provas gera absolvição de dupla suspeita de furtar álcool destilado - Direito Penal

10-12-2012 05:03

Fragilidade na produção de provas gera absolvição de dupla suspeita de furtar álcool destilado

 

        Sob o fundamento de que o direito penal não se aplica sobre presunções, mas sobre provas concretas dos fatos alegados, o juiz Luiz Raphael Nardy Lencioni Valdez, da 10ª Vara Criminal Central, absolveu dupla acusada de furtar matéria-prima para produção de vinho de uma vinícola na zona norte da capital.

        J.S.S e L.C.X.X foram denunciados por terem supostamente subtraído, durante mais de quatro anos, 2,8 milhões de litros de álcool destilado, resultando em prejuízo de quase R$ 3 milhões para a empresa.

        Porém, durante a fase de instrução processual, não houve, no entender do magistrado, produção de “nenhuma prova pericial, documental ou testemunhal apta a esclarecer, com a segurança exigida em seara processual penal, o que e em que quantidade foi subtraído, como foi subtraído e por quem foi subtraído”.

        Diante desses fatos, não havia outra solução para o processo que não fosse a absolvição de ambos por falta de provas.               Processo nº 0085605-51.2006.8.26.0050    

Fonte: TJSP


A Justiça do Direito Online


Correio Forense - Fragilidade na produção de provas gera absolvição de dupla suspeita de furtar álcool destilado - Direito Penal

 



 

Technorati Marcas: : , , , ,

 

 

BlogBlogs Marcas: : , , , ,

 







Posted on 06:00 by Raphael Simões Andrade - Trabalho and filed under | 0 Comments »

0 comentários:

Postar um comentário